15/06

Menino ou menina? Quais os cuidados especiais na criação de cada gênero?

A criação dos filhos é algo que tira o sono de muitos pais e mães, no entanto acaba sendo algo natural da vida, que exige apenas muito amor e dedicação. Independente de ser um menino ou uma menina, as preocupações são diversas, no entanto, os cuidados podem ser diferentes.

Mas o que de fato muda quando falamos dos cuidados na criação de meninas ou meninos? Muito mais por uma questão cultural do que propriamente da natureza de cada um, os pais costumam ser diferentes e ter formas distintas de cuidar de seus filhos, que apresentam características e necessidades distintas.

Confira a seguir alguns dos principais cuidados na criação de cada gênero!

Tipos e cores de roupa

Antes mesmo de nascer, a compra de todo o enxoval do bebê já é totalmente direcionada. Caso seja uma menina, os vestidinhos e sainhas, junto a cor rosa, são o maior sucesso entre as mães. Já para os meninos, macacão e calças, nas cores azul e verde, é que compõe a maior parte do novo guarda-roupa. O amarelo costuma ser a cor mais neutra. É importante que esse tipo de escolha não influencia nos gostos das crianças quando ficarem maiores, todos têm o direito de usar o que mais se identificam, sem que seja imposta uma cor ou outra por conta do que é estabelecido pela maioria das pessoas.

Brincadeiras

Desde cedo, as brincadeiras com as crianças já costumam ser diferentes quando falamos de meninos e meninas. Elas ganham bonecas, brinquedos mais delicados, que remetem a casinha, sala de aula e coisas do tipo. Já eles colecionam carrinhos, bonecos de super heróis e querem brincar de luta, corrida, têm muito mais energia.

No entanto, existem gostos e brincadeiras em comum, e, independente do gênero, os pais devem ficar atentos e deixar que os filhos brinquem do modo que quiserem. O mais importante é que se desenvolvam e aprendam sempre coisas novas.

Responsabilidades domésticas

Quando vão ficando um pouco maiores, as crianças já começar a entender um pouco de responsabilidades dentro de casa. O ideal, nesse caso, é que meninos e meninas tenham as mesmas noções de colaboração, cuidado e tarefas. Ajudar a mãe na cozinha ou arrumar o quarto, por exemplo, são atividades importantes para ambos os gêneros, que não tevem ter qualquer distinção por parte dos pais. É claro que existem particularidades, que não devem ser ignoradas, mas no geral, todos podem fazer tudo da mesma maneira e com a mesma cobrança saudável.

Comportamento e personalidade

Quem já ouviu a frase “homem não chora”? Pois, é, nada pior para um menino do que ter que bancar o durão desde criança, sem poder expor seus sentimentos ou mostrar algum tipo de fragilidade. É importante ter um cuidado especial para não tornar a menina dramática e o menino durão, pois no fundo são apenas crianças, com os mesmos medos e que precisam da mesma atenção, sem nenhuma diferença.

De modo geral, a atenção dos pais deve estar totalmente focada para o crescimento saudável e desenvolvimentos dos filhos. Fazer diferença entre eles, por conta do gênero, pode ser prejudicial e inibir os seus gostos e habilidades naturais. É preciso cuidados, mas que vão além do rosa ou azul, de forma construtiva, que preparem para a vida que está por vir.

Agora que já conhece os principais cuidados que se deve ter na criação de meninos e meninas, compartilhe esse artigo com seus amigos. Continue acompanhando nosso blog, sempre com dicas e novidades para você. Se surgirem dúvidas, deixe seus comentários abaixo!

 

 

Gostou?

Seu comentário: