27/05

Como administrar o tempo para cuidar do segundo – ou terceiro – filho

Ser mãe de duas ou mais crianças é sinônimo de amor multiplicado, o coração da família dobra de tamanho. No entanto, engravidar quando o primogênito já sabe como é ser filho único pode não ser uma tarefa fácil. E se for o caso de um terceiro bebê, talvez o filho do meio também sinta dificuldade em  dividir os brinquedos, as roupinhas e, principalmente, os cuidados dos pais com seu mais novo irmãozinho. E no meio de tudo isso, como será que fica a mãe?

Para te ajudar a superar os desafios diários da maternidade, separamos algumas dicas super bacanas para as mamães administrarem melhor o seu tempo, sem deixar nenhum dos pequenos de lado.

Faça-o se sentir incluído nas atividades da casa e do bebê

Para que uma criança não sofra com a chegada da outra e a mamãe não tenha que excluir um filho enquanto estiver cuidando do mais novo, incentive os mais velhos a participarem de tudo, desde a gestação. Para isso, é preciso que os irmãos estejam envolvidos nas atividades do bebê, participando do chá de fraldas, do ensaio de gestante e principalmente na escolha do nome, da decoração do quartinho e dos itens do enxoval. Quando o mais novo chegar, vai ser mais fácil contar com a ajuda das crianças, mesmo que sejam pequeno gestos como abrir uma fraldinha, preparar o algodão para a limpeza ou ajudando a lavar o bracinho do irmão na hora do banho.

Peça ajuda nas tarefas diárias. Toda criança gosta de se sentir importante e saber que pode fazer aquela tarefa de gente grande sozinha. Incentive os mais velhos a participarem das atividades da casa. Desse jeito, você vai ganhar uma ajudinha extra e passar um tempo com as crianças que estarão aprendendo novas responsabilidades e entendendo como funciona a dinâmica do lar.

Divida as tarefas com o pai

Se o papai não participava ativamente das atividades das crianças antes, agora é a hora de assumir o comando, participando das rotinas de alimentação, banho e também nas atividades de lazer dos mais velhos.

Reveze. Enquanto um dá banho no recém chegado o outro escova os dentes do mais velho. Além de otimizar o tempo dentro de casa cuidando das crianças, é uma ótima maneira de estar presente para os dois filhos, evitando crises de ciúmes entre eles.

Crie e incentive rituais entre pai e filhos. Atividades como passeios de bicicleta aos domingos, ou café da manhã fora só com o papai aos sábados, além de serem programas divertidos para a família, fortalecem o vínculo entre pai e filho e disponibilizam um tempinho para a mamãe que pode ser bastante útil.

Acostume-se a passar menos tempo perto do mais velho

Prepare o ambiente, separe os brinquedos favoritos dele, ou então deixe uma mesa montada com recortes, papéis, colas e lápis de colorir. Se o mais velho já tiver um irmãozinho do meio, vai ser mais fácil mantê-los ocupados enquanto brincam juntos, mas em outro caso, às vezes é preciso que a mãe participe do início das brincadeiras e depois saia por um minutinho, perguntando se ele pode ir preparando os bonequinhos da mamãe enquanto ela vai até a sala. É bem provável, que ele se concentre na brincadeira e nem perceba a sua ausência.

Dessa forma ele vai sentindo a mudança gradualmente, além de ir adquirindo um pouquinho de independência e não será um super problema quando o recém-nascido chegar.

Converse com outras mães

Você não está sozinha no mundo, sua rotina não é a única que ficou bagunçada. Troque experiências e dicas com outras mães e aprenda novas maneiras de se organizar e dar atenção aos filhotes. Nada melhor do que trocar figurinhas com amigas que passam por situações semelhantes às suas.

Historinhas e músicas

Achou que fosse possível conciliar a hora de dormir do mais novo enquanto as crianças ainda estão a todo vapor? Embale o caçula no colo com uma musiquinha, pode ser até agitada, enquanto os mais velhos improvisam uma dança no chão. Contar uma história de aventura também pode ser uma ótima saída. Essa é a solução perfeita, capaz de ninar o pequeno e entreter os irmãos.

Imaginação, criatividade e paciência são indispensáveis

Aproveite a oportunidade única de participar da infância dos seus filhos, aprendendo com eles a ser mais paciente e criativa e achando soluções divertidas e amorosas para administrar o seu tempo.

Você já passou por essa situação e possui dicas que podem ser úteis à outras mamães? Ou está com medos e receios, exatamente por ser sua primeira vez nessa situação? Deixem seus comentários com truques, dúvidas e sugestões no espaço abaixo e vamos compartilhar informações que ajudam a facilitar e aproveitar esse momento tão gostoso de uma família.

 

Gostou?

1 comentário

Seu comentário: